Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesAceitam-se entre 1 e 22 de Novembro candidaturas para o “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário”

Aceitam-se entre 1 e 22 de Novembro candidaturas para o “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário”

Date:01/11/2017 - 22/11/2017
31/10/2017 15:59:44

Aceitam-se entre o dia 1 e 22 de Novembro candidaturas para as bolsas a atribuir no âmbito do “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário”, referente ao ano lectivo 2018/2019. Os alunos interessados que preenchem os requisitos de candidatura e que pretendem frequentar os cursos de licenciatura em Portugal, devem apresentar a sua candidatura dentro do prazo referido. O número de vagas é de 25 e o valor a atribuir a cada bolseiro será de 65.000 patacas em cada ano lectivo. Os alunos beneficiários, após a conclusão do curso, deverão regressar à RAEM para prestar serviço por um período nunca inferior a três anos consecutivos. O resultado da avaliação das candidaturas recebidas será publicado no início de Março de 2018.

Em 2004, com vista a formar profissionais bilingues em chinês-português na área jurídica, a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau, a Fundação Macau e a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude lançaram em conjunto o “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário”. Ao longo dos últimos anos, o Projecto tem vindo a avançar a bom ritmo, obtendo resultados muito positivos, e os bolseiros que concluíram os estudos em Portugal já regressaram a Macau para servir o Território com os conhecimentos, entretanto, adquiridos. Assim, com o apoio da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, a Fundação Macau e a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau assinaram nos anos 2012 e 2015 protocolos de cooperação para reforçar o apoio dedicado ao “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário”, através do aumento do número de vagas e do valor da bolsa a atribuir, com o objectivo de cooperar da melhor forma com a política do Governo da RAEM relativamente à formação de recursos humanos num horizonte alargado, realçar o papel de Macau como uma ponte de ligação entre a China e os Países da Língua Portuguesa e, sobretudo, formar talentos de elevada qualidade que dominam simultaneamente o chinês e o português. No próximo ano lectivo, as bolsas a serem atribuídas neste enquadramento não só se limita à área de direito, como também estão abertas às outras especialidades, com o objectivo de beneficiar os alunos das áreas diferentes de estudo, de forma que a reserva dos talentos de Macau seja mais diversificada. 

Os alunos que completam o ensino secundário no ano lectivo 2017/2018 e que pretendem candidatar-se ao “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário” devem ter adquirido a qualidade de residente permanente da RAEM, antes do termo do prazo de candidatura, e ter frequentado o ensino em Macau por um período ou períodos que totalizam, no mínimo, quatro anos. Os candidatos devem entregar o boletim de candidatura devidamente preenchido, acompanhado dos seguintes documentos: fotocópia do BIRP da RAEM, documentos comprovativos que justificam os prémios recebidos em actividades ou competições de grande envergadura nos últimos três anos, carta de recomendação emitida pelo director da correspondente escola do ensino secundário de Macau que o candidato frequenta, documentos comprovativos que justificam a frequência do ensino em Macau por um período ou períodos que totalizam, no mínimo, 4 anos, certificados das notas obtidas nos últimos dois anos lectivos ou o certificado de classificação académica emitido pela escola, entre outros documentos que a Fundação Macau e a Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau ou mesmo o candidato entendam ser como necessários. No acto da entrega dos documentos, os candidatos devem exibir o original dos documentos referidos para sua verificação por parte da Fundação Macau.

Nos termos do respectivo Regulamento, a avaliação e selecção dos alunos candidatos divide-se em duas partes de valor igual: avaliação dos documentos enviados e uma entrevista. Antes de ser avaliados, os candidatos deverão passar um teste sobre o seu domínio da língua chinesa. Os candidatos que obtenham uma nota não inferior a 50, numa escala de 0 a 100, tanto na avaliação dos documentos como na entrevista, serão ordenados por ordem decrescente da pontuação obtida. Serão seleccionados os 25 alunos melhor classificados e mais 5 alunos ordenados nos lugares seguintes, como suplentes, e as vagas serão preenchidas por ordem decrescente da pontuação obtida. O júri será composto pelos elementos da Fundação Macau e da Associação Promotora da Instrução Pós-Secundária de Macau.

Estão disponíveis nas instalações e no website da Fundação Macau (www.fmac.org.mo) o boletim de candidatura, o regulamento e os critérios de avaliação dos candidatos ao “Projecto de Continuação dos Estudos em Portugal dos Alunos que completam o Ensino Secundário” referente ao ano lectivo 2018/2019. Os interessados deverão entregar o boletim de candidatura e os documentos justificativos à Fundação Macau, sita na Avenida de Almeida Ribeiro, n.ºs 61-75, Circle Square, 7.º andar, durante o horário de expediente (das segundas às quintas, das 9H00 às 13H00 e das 14H30 às 17H45; às sextas, das 9H00 às 13H00 e das 14H30 às 17H30). Para informações adicionais, queira entrar em contacto com a Fundação Macau através dos seguintes meios de contacto: telefone 8795-0926/ 8795-0913 e endereço electrónico: db_info@fm.org.mo.