Novidades

Localização actual:Fundação MacauAgenda de ActividadesTermina no próximo dia 30 de Dezembro o prazo para formalizar o pedido de subsídio destinado à restauração residencial
A Fundação Macau faz um apelo aos interessados para assegurar a apresentação dos documentos obrigatórios dentro do prazo definido assim como a exactidão e autenticidade dos elementos declarados

Termina no próximo dia 30 de Dezembro o prazo para formalizar o pedido de subsídio destinado à restauração residencial
A Fundação Macau faz um apelo aos interessados para assegurar a apresentação dos documentos obrigatórios dentro do prazo definido assim como a exactidão e autenticidade dos elementos declarados

07/12/2017 09:27:39

Aproxima-se o final do prazo para que os residentes possam formalizar os pedidos de subsídios no âmbito do Projecto de Ajuda Especial aos Prejuízos Causados pela Passagem do Tufão “Hato”. O total do subsídio atribuído neste âmbito atingiu já um valor superior a 275 milhões de patacas mas ainda existem mais de 9 mil casos já inscritos que não têm a formalização correcta do pedido e, consequentemente, a autorização do respectivo subsídio para a restauração residencial. Assim, vem a Fundação Macau fazer um apelo a todos os interessados que já fizeram a sua inscrição para formalizarem o respectivo pedido dentro do prazo que termina no próximo dia 30 de Dezembro, inclusive. Não serão aceites nenhuns pedidos entregues fora do prazo.

Foram atribuídas até agora mais de 270 milhões de patacas a título de subsídio especial

A Fundação Macau lançou o Projecto de Ajuda Especial aos Prejuízos Causados pela Passagem do Tufão “Hato” no passado dia 25 de Agosto e tem vindo a apreciar a aprovar diversos pedidos de subsídio neste âmbito durante os últimos três meses. Importa salientar que logo no início de Setembro foi efectuado o pagamento dos subsídios que foram doados aos familiares das 10 vítimas falecidas devido à passagem do tufão, no valor total de 3 milhões de patacas; no mês de Outubro, os subsídios atribuídos para pagamento da electricidade e da água começaram a estar reflectidos nas facturas pagas pelos residentes, atingindo a verba disponibilizada um valor superior a 267 milhões de patacas; terminou no dia 31 de Outubro o prazo para a formalização dos pedidos de subsídio de assistência médica, tendo sido recebido um total de 244 pedidos que, após a devida análise e apreciação, foi concedido um valor superior a 650 mil patacas; até agora foram formalizados 3,388 pedidos de subsídio destinado à restauração residencial, dos quais 1,047 já obtiveram a respectiva autorização, e foi atingido o valor de 5.22 milhões de patacas.

Termina no próximo dia 30 de Dezembro o prazo de formalização dos pedidos de subsídio destinado à restauração residencial

Aproximando-se o final do prazo para a formalização do pedido de subsídio no âmbito do Projecto de Ajuda Especial aos Prejuízos Causados pela Passagem do Tufão “Hato”,
e tendo em consideração que houve um total de 12,626 casos inscritos até ao passado dia 30 de Setembro para efeito de solicitação de subsídio destinado à restauração residencial e dos quais apenas 3,388 têm já o respectivo pedido formalizado, a Fundação Macau vem agora fazer um apelo aos interessados que já fizeram a inscrição anteriormente, e que pretendem efectivamente solicitar o subsídio, para que formalizem o seu pedido dentro do prazo estipulado que termina no próximo dia 30 de Dezembro, inclusive. Apesar deste último dia do prazo ser um sábado, informa-se que o balcão de atendimento, instalado na Avenida de Almeida Ribeiro n.ºs 61-75, Circle Square, 7.° Andar, estará aberto como se fosse um dia útil com o horário normal. Não será aceite nenhum pedido depois desta data.

Apela-se para que seja assegurada a exactidão e autenticidade dos dados apresentados e dos elementos declarados nos pedidos que serão analisados por um júri constituído especificamente para este efeito

A Fundação Macau disponibilizou mais recursos humanos para acelerar a recepção e análise dos pedidos formulados no âmbito do Projecto de Ajuda Especial aos Prejuízos Causados pela Passagem do Tufão “Hato” e constituiu um júri composto por representantes de 9 sectores profissionais para analisar e avaliar os pedidos recebidos, de modo a que seja dado o apoio solicitado, o mais rápido possível, aos necessitados. Contudo, devido à falta das informações obrigatórias ou ainda devido ao incumprimento dos requisitos pré-estabelecidos para efeito de obtenção da autorização, por exemplo, a solicitação para obras fora do âmbito do subsídio destinado à restauração residencial, faz com que se leva mais tempo para concluir a análise de todos os restantes pedidos recebidos. Assim, a Fundação Macau vem fazer um apelo ao residentes para se informarem previamente qual é a abrangência do subsídio destinado à restauração residencial antes de formularem o seu pedido bem como assegurarem a exactidão e autenticidade dos dados e dos elementos declarados, de modo a não atrasar a análise e a autorização de pagamento do subsídio eventualmente atribuído.

A Fundação Macau reforça novamente o que já informou relativamente à prestação de declarações falsas e/ou a omissão dolosa de informação relevante que implicam o cancelamento do subsídio autorizado e o reembolso do valor pago assim como o apuramento de todas as responsabilidades legais que ao caso couber.

Para mais informações, queira entrar em contacto com a Fundação Macau através de telefone n.º 87950950, ou Wechat (conta: macaufm) ou ainda consultar o website da Fundação Macau.